O objetivo deste blog é divulgar toda a minha produção poética, sem prejuízo de continuar a ser postada também no Portal de Poesia Rodolfo Pamplona Filho (www.rodolfopamplonafilho.blogspot.com).
A diferença é que, lá, são publicados também textos alheios, em uma interação e comunhão poética, enquanto, aqui, serão divulgados somente textos poéticos (em prosa ou verso) de minha autoria, facilitando o conhecimento da minha reflexão...
Espero que gostem da iniciativa...

sábado, 16 de janeiro de 2021

Finalmente...




Rodolfo Pamplona Filho


Finalmente

não é necessariamente

o final da lição,

mas o inicio da ação...

Sair da contemplação

para partir para a missão...

Mudando na medida

em que as folhas

vão sendo mudadas...

Fazendo tudo aquilo

para que as coisas

foram forjadas...

Guerrear

sem ilusão de que não irá tombar

Trabalhar

com convicção de que deve amar

Viver

uma generosa espiritualidade

Crer

em uma fé que vira realidade...

Finalmente descobrir

que, se céu não começa aqui,

ele não existirá

em qualquer outro lugar...

Finalmente...


Salvador, 31 de dezembro de 2012.



sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

Reconhecendo-se Sobrevivente




Rodolfo Pamplona Filho


O causador da opressão foi embora,

mas persiste o medo asfixiante

e imobilizante de outrora e de agora,

como se continuasse como dante...


É preciso lidar com muita calma

para, pouco a pouco, tratar

a ferida que machuca a alma

e retira o ânimo, a força e o ar...


Cuide bem de cada cicatriz,

para se sentir plena e feliz,

superando o trauma presente


pois, enquanto viva é a memória,

enfrenta-se a própria história,

reconhecendo-se sobrevivente.


Salvador, 01 de janeiro de 2013.



quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

O que é o amor? Dialogando com Lacan





Rodolfo Pamplona Filho


Amar é dar

o que não se tem

a quem não é...

Apaixonar-se é dar

o que se tem

a quem se é...


Salvador, 23de outubro de 2012.


quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Xibolete

 





Rodolfo Pamplona Filho


Deixa eu ser seu xibolete:

esta peculiaridade da pronúncia

que identifica um indivíduo

que faz parte de uma população...

É como o ditongo "ão",

que só é pronunciado corretamente

por quem é falante nativo

de nosso bom português...

Deixa eu ser o diferencial

no toque, na palavra e no calor,

que só se transmite e compartilha

o mais puro e verdadeiro amor...


Salvador, 23de outubro de 2012.


terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Mulher

 




Rodolfo Pamplona Filho


A Mulher é mais fiel

à sua maquiagem

do que a seus sentimentos;

à sua vaidade

do que a sua saúde;

à sua imagem

do que a seu íntimo;

à possibilidade do futuro

do que à marca do passado;

à sua esperança

do que à realidade...


Salvador, 02 de novembro de 2012.


segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Comparando

 



Rodolfo Pamplona Filho


Há uma diferença abissal

entre a projeção e a concreção,

entre o utópico e o concreto;

entre o desejo e a ação;

entre o sonho e a realidade.

Se há sonhos que

não correspondem à realidade,

Você é o sonho que virou realidade

Sonhar é bom, mas viver é melhor!


Salvador, 06 de novembro de 2012.


domingo, 10 de janeiro de 2021

Soneto da Torcida em qualquer lugar do mundo




Rodolfo Pamplona Filho


Não importa a distância ou crença,

nem o tempo ou a falta de plano!

Não interessa a física ausência,

nem a saudade do calor humano!


Onde eu estiver, minha paixão,

estarei sintonizado em sua vibração,

sentindo toda a imensa energia,

que só tem o meu glorioso Bahia!


Por isso, bem alto, vou gritar

que vou torcer em qualquer lugar,

soltando todo o ar do meu pulmão


em qualquer canto do universo,

vou te cantar em prosa e verso,

com você sempre em meu coração!


Madrid, 30 de setembro de 2012.


sábado, 9 de janeiro de 2021

Astherion

 




Rodolfo Pamplona Filho


Ele é o Descendente

espúrio de Minoas,

Filho de Parsifal

com o lindo touro

dado por Netuno,

pelo engenho de Dédalo,

é tido como monstro,

até ser morto por Teseu,

com a ajuda de

sua irmã Ariadna,

que acabou abandonada,

mas casou com Baco...

Na roda viva grega,

não há espaço

para julgamentos:

o bem e o mal

são igualmente reservados

para quem faz um ou outro...


Creta, 27 de setembro de 2012.


sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Taurómaquia





Rodolfo Pamplona Filho


Movimento

O Momento

Taurhomakya

Tauro et Makya

A hora da verdade

O Rito de Passagem


Creta, 27 de setembro de 2012.


quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Sonhos Mudam




Rodolfo Pamplona Filho


Sonhos Mudam

de verdade

Sonhos Mudam

com a idade

Sonhos Mudam

na realidade

Sonhos Mudam

para a eternidade 


Rhodes, 26 de setembro de 2012.