O objetivo deste blog é divulgar toda a minha produção poética, sem prejuízo de continuar a ser postada também no Portal de Poesia Rodolfo Pamplona Filho (www.rodolfopamplonafilho.blogspot.com).
A diferença é que, lá, são publicados também textos alheios, em uma interação e comunhão poética, enquanto, aqui, serão divulgados somente textos poéticos (em prosa ou verso) de minha autoria, facilitando o conhecimento da minha reflexão...
Espero que gostem da iniciativa...

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

E. L. A.


E. L. A.

Rodolfo Pamplona Filho
Quero te abraçar forte,
mas meu braço não responde...
Tenho muito a fazer,
mas não sei como ou onde.

Tenho ainda tantos sonhos
e projetos a desenvolver,
mas é terrível quando se descobre
que não se pode tudo controlar ou ter.

Ela pode vir de varias formas:
devagar se instala
ou toma tudo de repente!
E a sensação que fica
é de uma saudade do presente

da vida e de tudo que ela oferece:
conversar, passear, viajar...
Nem precisa ir tão longe:
basta ter autonomia para,
voluntariamente,
ter o direito de nada fazer...

Choro, mas não somente
pelo que me aconteceu
ou por tudo que
não poderei mais viver...

Choro pelo arrependimento
de não ter ousado mais,
de não ter vivido mais,
de não ter aproveitado mais seu ser...

Choro por um sentimento
que mistura melancolia e despedida
e, principalmente, a tristeza
de que não terei mais você...
São Paulo, 07 de novembro de 2010,
pensando em um grande amigo, Hamilton Barros de Vasconcelos (1959-2010),
que veio a falecer em 25/12/2010 (saudades, amigo...).

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Layanna!
      Eu adoraria viver para sempre, desde que com qualidade de vida e lucidez.
      Saúde é tudo!
      Abraços,
      RPF

      Excluir