O objetivo deste blog é divulgar toda a minha produção poética, sem prejuízo de continuar a ser postada também no Portal de Poesia Rodolfo Pamplona Filho (www.rodolfopamplonafilho.blogspot.com).
A diferença é que, lá, são publicados também textos alheios, em uma interação e comunhão poética, enquanto, aqui, serão divulgados somente textos poéticos (em prosa ou verso) de minha autoria, facilitando o conhecimento da minha reflexão...
Espero que gostem da iniciativa...

domingo, 7 de outubro de 2012

Se eu não fizer amor com você...


Se eu não fizer amor com você...

Rodolfo Pamplona Filho

Se eu não fizer amor com você...
Vou me sentir frustrado...
Vou me sentir limitado...
Vou me sentir abandonado...

Se meus lábios não tocarem os seus...
Não conhecerei o conforto da sua boca,
o gosto bom da sua saliva
e o balanço da sua língua...

Se nossos corpos não se abraçarem...
Não sentirei o roçar da sua pele,
o contato com a ponta dos seus seios
e a firmeza das suas costas...

Se meu corpo não pesar sobre o seu...
Não terei o prazer indescritível
de entrelaçar dedos e cabelos
e do encaixe perfeito e incrível
de dois que se tornam um...

Se eu não fizer amor com você...
Eu nunca serei completo...
Eu nunca serei desperto...
Eu nunca serei realmente feliz...

San Francisco, 25 de setembro de 2010.

6 comentários:

  1. A felicidade é tão simples, né? E o ser humano complica tudo. Oh my God...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexsandra!
      É a mais pura verdade...
      Beijos,
      RPF

      Excluir
  2. Esse "se" que por muitas vezes faz tanta diferença em nossas vidas... nessa busca incansável pelo equilíbrio entre a razão e os impulsos coração.

    ResponderExcluir
  3. Essa poesia me fez suspirar ... e pensar em tantos "se" , melhor não pensar e aproveitar o pouco do que efetivamente foi, ainda que breve, ainda que mágico, ainda que impossível, e inesquecível.

    ResponderExcluir