O objetivo deste blog é divulgar toda a minha produção poética, sem prejuízo de continuar a ser postada também no Portal de Poesia Rodolfo Pamplona Filho (www.rodolfopamplonafilho.blogspot.com).
A diferença é que, lá, são publicados também textos alheios, em uma interação e comunhão poética, enquanto, aqui, serão divulgados somente textos poéticos (em prosa ou verso) de minha autoria, facilitando o conhecimento da minha reflexão...
Espero que gostem da iniciativa...

domingo, 24 de novembro de 2013

Perdão


Perdão

Rodolfo Pamplona Filho
Me perdoa por tudo que sou?
Me perdoa por tudo que não sou?
Me perdoa por tudo que faço?
Me perdoa por tudo que não faço?
Me perdoa por te pedir perdão?
Sei que não preciso perdão...
Sei que não preciso pedir perdão...
Mas a tristeza que me toma
na constatação da minha imobilidade
faz com que eu somente consiga
dizer e mil vezes repetir:
Me perdoa?

Salvador, 31 de julho de 2012.

2 comentários:

  1. assisti um filme ( não lembro qual) onde num diálogo entre os protagonistas o homem disse para a mulher, em se falando de amor: "amar é nunca ter que pedir perdão, não concordo, penso que quem ama reconhece seus erros, suas falhas e pede, sim perdão e, se for amado, será perdoado, com certeza.
    Abraço!
    Sonia"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sonia!
      Confesso que concordo com você!
      Beijos,
      RPF

      Excluir