O objetivo deste blog é divulgar toda a minha produção poética, sem prejuízo de continuar a ser postada também no Portal de Poesia Rodolfo Pamplona Filho (www.rodolfopamplonafilho.blogspot.com).
A diferença é que, lá, são publicados também textos alheios, em uma interação e comunhão poética, enquanto, aqui, serão divulgados somente textos poéticos (em prosa ou verso) de minha autoria, facilitando o conhecimento da minha reflexão...
Espero que gostem da iniciativa...

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Quando os Pais viram filhos...


Quando os Pais viram filhos...
Rodolfo Pamplona Filho

Quando os Pais viram filhos...
Não se está pronto para este momento,
pois filhos virarem pais é o que se espera de movimento.

Quando os Pais viram filhos...
É preciso exercitar a gratidão,
o dar-se sem interesse, o amor sem ilusão...

Quando os Pais viram filhos...
É hora de retribuir o tempo investido,
o dinheiro gasto, o sono perdido...

Quando os Pais viram filhos...
É preciso renovar a paciência,
o respeito ao passado, a prática da clemência...

Quando os Pais viram filhos...
É hora de esquecer todo trauma,
todo castigo, toda dor da alma...

Quando os Pais viram filhos...
É hora de lembrar o abraço apertado,
o sorriso largo, o beijo estalado...

Quando os Pais viram filhos...
É preciso assumir a responsabilidade
de saber que os papéis mudam com a idade...

Quando os Pais viram filhos...
Tudo pode mudar a cada ano,
só não muda o valor de dizer “Eu Te Amo”...

Salvador, 09 de maio de 2010 (dia das mães)

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Layanna

      Muito bonito mesmo! Obrigado por compartilhar aqui no blog!
      Abs,

      RPF

      Excluir
  2. só lembrei de minha avó ao ler esse lindo poema professor. Sentimento de gratidão é algo tão pleno e tão puro, por essas lindas pessoas que não pararam de pensar em nós por um segundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenha a menor dúvida disso, amiga!
      Beijos,
      RPF

      Excluir